termo-prf-sec-educação-3termo-prf-sec-educação-1A Secretaria Municipal de Educação de Cajazeiras, através de sua Secretária, a Professora Tereza Cristina Diniz de Abreu, no uso de suas atribuições – assinou o termo de adesão ao Programa Festival Estudantil Temático de Trânsito – FETRAN, da Polícia Rodoviária Federal-PRF/PB, sob a coordenação de Cledson Augusto Ferreira – Chefe do Grupo de Educação de Trânsito e Cidadania da SPRF/PB, o referido ato se deu na tarde da última quinta-feira (10).

O referido termo tem por objetivo a adesão da Secretaria Municipal de Educação de Cajazeiras, contemplados escolas municipais que participarão do Projeto FETRAN, na modalidade ‘PEDAGÓGICO’, bem como definir obrigações e responsabilidades mútuas com a finalidade de desenvolver atividades nas escolas: EMEF Carolino de Sousa Neto (Divinópolis), EMEF Matias Duarte Rolim (Remédios) e EMEF Costa e Silva (Jardim Oásis).

A PRF juntamente com as escolas que aderiram ao projeto, executará as ações sob as orientações e premissas das diretrizes nacionais da educação para o trânsito no Ensino Fundamental, dispostas pelo DENATRAN na Portaria 147, de 02 de junho de 2009, Anexo II.

A Secretaria de Educação tem por obrigação: definir junto com a PRF as escolas participantes do FETRAN; participar do evento de lançamento do FETRAN no município; participar e apoiar a realização das Feiras Temáticas de Trânsito organizadas pelas escolas; participar da reunião de avaliação do FETRAN e planejamento das atividades do ano seguinte; disponibilizar transporte e alimentação para os estudantes das escolas participantes; providenciar autorização dos pais e/ou responsáveis para participação nas atividades do FETRAN, quando necessária.

FETRAN é um projeto de Educação para o Trânsito, criado pela Polícia Rodoviária Federal no Estado de Mato Grosso no ano de 2004.
Depois de realizada uma pesquisa, que apontou que de cada dez motoristas que são multados por agentes de trânsito, senão os dez, pelo menos nove sabem que estão cometendo a infração, chegou-se à conclusão que o problema não é falta de conhecimento, pois todos conhecem a legislação e simplesmente arriscam e comprometem a vida, mas é falta de comprometimento com um trânsito com menos acidentes. Se os condutores sabem o que pode e o que não pode fazer, então precisamos sensibilizar os condutores do futuro, fazendo com que atuem como agentes de trânsito no presente e como condutores conscientes no futuro. Por isso a Polícia Rodoviária Federal resolveu falar de trânsito com as crianças, os adolescentes e os jovens das escolas municipais de Cajazeiras.

Assim nasceu o FETRAN. Um festival estudantil de teatro em que todas as escolas podem participar. Inicialmente o festival era realizado em uma única etapa e em uma única categoria. Com o passar do tempo a adesão das escolas foi aumentando e fez-se necessário criar etapas regionais e dividir em categorias. Para o agente Cledson Augusto, que é Chefe do Grupo de Educação de Trânsito e Cidadania da SPRF/PB, as escolas participantes do FETRAN, no ato de adesão, autorizam, em caráter não-exclusivo, gratuito, irretratável e irrevogável, a PRF e seus parceiros a utilizarem em campanhas, materiais educativos e divulgação do FETRAN, textos, imagens, voz nomes, entrevistas e depoimentos produzidos pelos estudantes e professores.

 

SECOM-CZ