Uma caminhada bastante participativa ocorreu no último sábado (1º), em comemoração ao Dia Mundial do Autista que é celebrado no dia 02 de Abril. O evento idealizado pela APAA – Associação de Pais e Amigos do Autista de Cajazeiras através do Projeto Mundo Azul contou com algumas parcerias á exemplo da Secretaria de Saúde através do CAPS Infantil, Faculdade Santa Maria, Escolas Municipais Costa e Silva e Crispim Coelho.

Após concentração Praça da Prefeitura, os participantes saíram em caminhada percorrendo algumas ruas do centro da cidade até chegar á Praça do Espinho. O evento teve como principal objetivo conscientizar a população sobre o conceito do autismo e como identificar uma criança autista.

O Dia Mundial do Autismo, celebrado anualmente em 2 de abril, foi criado pela Organização das Nações Unidas em 18 de dezembro de 2007.

Atualmente, a Secretaria de Saúde de Cajazeiras através do CAPS Infantil atende 63 crianças autistas que recebem assistência médica e psicológica. Segundo a coordenadora de Saúde Mental Mônica, nessa gestão a Secretária de Saúde Dra. Paula determinou que fossem adquiridos outros profissionais para compor a equipe e melhorar ainda mais o atendimento a essas crianças. Por isso, integraram o atendimento aos autistas: Psicopedagogo, Fonoaudiólogo e Terapeuta Ocupacional.

O que é AUTISMO ou TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA?

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação e interação social.

A partir do último Manual de Saúde Mental – DSM-5, que é um guia de classificação diagnóstica, o Autismo e todos os distúrbios, incluindo o transtorno autista, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento não-especificado (PDD-NOS) e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista – TEA.

O TEA é uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos. Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas dificuldades, o seu estado irá afetá-las com intensidades diferentes. Assim, essas diferenças podem existir desde o nascimento e serem óbvias para todos; ou podem ser mais sutis e tornarem-se mais visíveis ao longo do desenvolvimento.

au5 au6 au7

au3

au4

au2

SECOM – CZ